Doenças Inflamatórias Intestinais, como identificar?

Diarréia que dura longos períodos, presença de sangue nas fezes, emagrecimento acentuado, associado a dores articulares e lesões de pele são sinais e sintomas que podem caracterizar as doenças inflamatórias intestinais. Diagnóstico precoce e o tratamento especializado e imediato são essenciais para o controle destas patologias.

DEFINIÇÃO

As doenças inflamatórias intestinais, são um conjunto de patologias que acometem o sistema digestivo, mais comummente os intestinos grosso e delgado. Em alguns casos, os sintomas destas doenças se estendem além dos intestinos, podendo acometer pele e articulações.

CAUSAS

Não há uma causa clara ainda bem determinada para este grupo de doenças. A alimentação afeta seus sintomas, no entanto, não se tem dados suficientes para se afirmar que ela pode causar as doenças inflamatórias do intestino.

SINTOMAS E DIAGNÓSTICO

A doença de Crohn (DC) e a retocolite ulcerativa idiopática (RCUI) são doenças incluídas neste grupo.
A DC pode acometer qualquer parte do sistema digestivo. Quando ela afeta o intestino delgado, que é o local onde os nutrientes são absorvidos, o emagrecimento é o sinal mais prevalente da atividade da doença.

Os sintomas principais são:
– diarréia;
– dor abdominal;
– fraqueza;
– febre;
– anemia;
– falta de apetite.

Na RCUI, a dano maior ocorre no intestino grosso, local onde ocorre absorção de água. Por isso, nestes casos a diarréia pode ser mais volumosa e frequente, associado a presença de sangue vivo nas fezes.
Os sinais e sintomas, chamados de extraintestinais, mais comuns nestas doenças são artrites, lesões de pele tipo nódulos e vermelhidão e inflamação nos olhos (uveíte).
A principal medida diagnóstica é a colonoscopia. Exames de fezes com dosagens de marcadores inflamatórios (calprotectina) são recursos importantes no acompanhamento destas doenças.

TRATAMENTO

O tratamento envolve uso de corticóides, imunossupressores, imunobiológicos, que, sem dúvida alguma devem ser orientados por gastroenterologistas e/ou procotlogistas.
A terapia celular com transplante de células tronco e cirurgia em casos selecionados, são recursos associados no tratamento das doenças inflamatórias do intestino.
Medidas de conforto e alívio de sintomas e o cuidado com a alimentação são indispensáveis no tratamento destes pacientes, haja vista o alto risco de desnutrição gerado por estas patologias. O uso de nutrientes específicos são permitidos nestes casos, a Imunonutrição ainda precisa de maiores estudos para sua indicação.

A atenção aos sintomas, a busca por informações e o acompanhamento por um profissional capacitado são as chaves para o sucesso terapêutico.

Comentários
Dr. Juliano Antunes

Posted by Dr. Juliano Antunes