HMB: o que é e quais são as suas aplicações

O HMB, ou hidroximetil butirato, é um suplemento alimentar que tem adquirido notoriedade não apenas pelo uso por atletas ou indivíduos desejosos por ganho de massa muscular.

A aplicabilidade do HMB na prática clínica tem se consolidado sobretudo com pacientes que têm na preservação da massa muscular a motivação principal de sua recuperação.

Os exemplos mais comuns são:

 

O que é o HMB?

O HMB é um metabólito da degradação da leucina. Este é um aminoácido encontrado em pequenas quantidades na dieta, principalmente no peixe e no leite. O nosso corpo também produz o HMB, numa quantidade de 0,25 a 1g/dia.

E esta produção torna-se insuficiente em situações de estresse metabólico. Exemplos mais comuns são o câncer, em infecções graves, perda de peso importante após cirurgias de redução de estômago.

Em atividades de hipertrofia, o HMB é utilizado para provisão do ganho muscular.

 

Como age o HMB?

Os resultados dos estudos sobre a eficácia do HMB ainda são controversos. O que tem sido verificado de forma mais consistente é que o dano muscular se reduz em indíviduos que consomem regularmente o HMB. Este dano é dosado através da avaliação dos níveis da enzima CK (creatinoquinase). E por tal motivo, em atletas, o HMB seria indicado em treinamentos mais prolongados.

Outros estudos clínicos demonstram que o HMB atua como um inibidor da perda muscular em situações de estresse, sendo por isso indicado em pacientes em situações de catabolismo.

A dose que se recomenda é a de 1,5 a 3g/dia, podendo-se chegar a até 6g ao dia. O HMB já pode ser encontrado adicionado a suplementos hipercalóricos completos (com carboidratos, proteínas, fibras e lipídios, além de polivitamínicos). Pode ser tamb´m encontrado isolado em forma de comprimidos, cápsulas ou pó.

É um suplemento que deve ser utilizado com cautela em pacientes com insuficiência renal ou naqueles que têm hipercalcemia (elevação do cálcio).

Mesmo sendo um suplemento bem tolerado e com baixo índice de efeitos colaterais, ele deve ser orientado por um profissional capacitado em terapia nutricional, seja ele médico ou nutricionista. A avaliação clínica e laboratorial antes do uso de qualquer suplemento é mandatória.

E é sempre importante frisar, este artigo NÃO substitui uma consulta médica presencial.

Jamais utilize de forma indiscriminada qualquer medicamento ou mesmo suplemento, saúde não tem preço!

 

Comentários
Dr. Juliano Antunes

Posted by Dr. Juliano Antunes